2015, quase 2016.

Um ano com muitos acontecimentos, muitas revoltas, conquistas, perdas e metas. Podemos intitular 2015 como um ano caótico, 2 milênios de evolução e o homem insiste em achar respostas na violência, algo contraditório com a evolução. A violência não é uma resposta, é uma ação de um indivíduo que é incapaz de solucionar algo utilizando somente sua principal arma, a sabedoria.

Em 2016, vamos acolher o próximo, juntar conhecimentos e explorar o desconhecido (por mais raro que seja) juntos. O primeiro átomo precisou de conexões pra formar você, a matéria, então desacredite que individualmente o sucesso terá mais mérito.

desevolution.jpg

Pensamento aletórios sobre tudo e nada.